11 maio, 2009

Agradecimentos



Aprendi com Voltaire que; A leitura alarga a alma e um amigo esclarecido dá-lhe consolo.

Agora que as coisas por aqui tendem a retomar alguma normalidade, permitindo-me regressar às tarefas suspensas. Venho expressar o meu profundo agradecimento a todas e a todos, pelo apoio e estima que me dedicam.

Bem-hajam.

Abraço.

8 comentários:

escarlate.due disse...

eras amigo do Voltaire?? :P

beijoooooooooooo

Maria disse...

Agradecimento?
Espera por uma excursão até aí e vais ver como é....
:)))

Lindo!
Beijos

Um Poema disse...

....

Agradecer?!...
Mas agradecer o quê?
Acaso a amizade necessita de agradecimentos?

Concordo com o comentário anterior.
Ou seja, não perdes pela demora. rsrs

Um abraço

Vanda Paz disse...

Acho que sim, acho que te fica bem (ainda não recebeste a conta?)

Bem, em relação aos comentários anteriores, contem comigo.

É um prazer ter-te por cá, de qualquer modo, gostava de conhecer esse tal de Voltaire, diz coisas bonitas (eheheh)

Beijo

© Piedade Araújo Sol disse...

hum...

deixo um beij

Papoila disse...

Parabéns por mais estas tuas palavras...

Um Beijo
BF

Ana disse...

Continua juntando letras, António.
Também é isso que esperam de ti os amigos.
Abraço.

rascunhos disse...

Há lugar para mais um? ou dois, ou três...
lol

ai ai um dia destes caem aí todos

beijos