03 junho, 2006

desafio

fotografia chuvamiuda

olhei-te folha de papel em branco
a desafiar o meu vazio
de lápis em punho jurei vingança
risquei-te de fúria desesperada
lancei-te a raiva sem pudor
fixei-te exausto mas preenchido
afinal folha branca mudei-te a cor

22 comentários:

Wisper disse...

e para uma bem mais cheia de simbolismo... :)

beijinhos

dreams disse...

todas as folhas que enchas serão sempre poucas com tanto que tens para dizer...

e deixa que te diga, que mudaste a cor para melhor ;)
gosto de te ler, mas não escreves com raiva ( ou pelo menos eu não a sinto quando te leio )

um beijo doce * e bom fim de semana
“·.¸Dreams¸.·”

p.s. será que há?
não será antes azar?
isto se houver guardião...

alfazema disse...

Olá Chuvinha

Nenhuma folha em branco poderá
desafiar o teu vazio porque vazios são coisa que tu não tens. Meu querido já te conheço o suficiente para te dizer que estás cheio ,e muito,de sensibilidade, de sabedoria, de sentido de justiça, de sentido de humor, de sentido crítico...
Essa folha ficou mais rica, mais bonita, mais colorida...
Mil beijinhos

Rosmaninho disse...

Companheiros!

Desafiados por uma folha branca de papel!?

Mudar a cor, com riscos furiosos, embora tenham ficado exaustos, é a maior das vinganças a uma folha branca, que quer desafiar quem de vazio nada tem.

~*Um beijo*~

amigona disse...

Sim, não há dúvida, a folha ficou melhor!
Beijo burrinho...

Caçadora_de_sonhos disse...

Pelo que tenho lido, de certeza que a folha ficou magnificamente bem preenchida.

Claudinha disse...

Ah, achei você!!! Maravilhoso poema, mudar a cor da folha branca imprimindo nesta as cores de sua emoção! Lindo! Beijos do lado de cá do oceano!

Caiê disse...

Andas muito poético e pouco burro... ;)

Luna disse...

E a folha branca e triste,por fim sentiu a caricia do lápis, que por ela deslizou pelas mãos de um poeta a sensibilidade projectou.
beijinhos de um bom domingo

Lagoa_Azul disse...

Afinal parece que podemos mudar algo, basta querer..

Um beijo com carinho de noite serena,

Anamargens disse...

Chuvamiuda,
Sempre mudas a cor das folhas brancas que te desafiam. Preenche-las com as cores do maravilhoso arco-iris do teu sentir e do teu pensar. Ficam lindas, as folhas brancas que se atravessam no teu caminho. E, ainda que te sintas exausto, se o acto te deixa preenchido, não hesites: enfrenta sempre as folhas brancas. Quem as vê depois, agradece.
Beijinho.

Isabel-F. disse...

Bom dia,

Espero que esteja tudo bem contigo. Venho pedir-te desculpas pela minha ausência ... que vai continuar ... amanhã vou de férias ... e só estarei de regresso no dia 16.

Beijinhos

{-Sutra-} disse...

E a folha branca transformou-se em abrigo de emoções :-)

Bj doce

segurademim disse...

... engraçado! uma vez, vinha da escola despreocupada e vi uma flor azul no jardim de uma vizinha (tu sabes como tenho pancada com essa cor), apanhei-a com todo o cuidado e às escondidas da minha mãe, estampei-a no dicionário, até hoje mantém a cor...

beijo, boa semana

musalia disse...

e não ficou claro se a fúria era apenas desatino e paixão...
vingança?...hummm, não sei não

beijinhos, chuvinha :)

Anamargens disse...

e noite serena... (sem raiva, chuvamiuda)...tu és mais tranquilidade e poesia.
Beijinho de b'noite.

alfazema disse...

Chuvinha / burrito

Venho desejar-vos uma noite tranquila, um soninho sereno, um sonho terno.
Beijinhos

dreams disse...

bons sonhos...

beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

pintoribeiro disse...

Bom dia, abraço. Vou passando,

eco de mim disse...

este desafio deu um post lindo! ;)

alfazema disse...

Olá Chuvinha

Então para quando um post novo? Habituaste-me a ler posts diários e sempre, mesmo sempre, muito interessantes. Aguardo um novo com muito carinho e amizade.
Beijinhos ternurentos

Anamargens disse...

Chuvamiuda,
as palavars de ALFAZEMA, aqui mais acima, são as minhas...
e...fiz uma maldade - "pesquei por aqui" uma foto de burrinho.
Perdoas?
Noite serena.