07 maio, 2007

de mim e dos outros




















(fotografia antónio paiva)



podem chamar ao que escrevo
fantasias inúteis de pseudo poeta

julgarem-me por caprichos literários
apenas falo daquilo que a minha alma encerra

acusem-me de falta de lembranças
apenas desenho fielmente o que os meus olhos enxergam

não oculto a beleza das coisas
mas sempre vou dizendo:
ainda há quem queira mais tempo livre para sofrer melhor


antónio paiva

19 comentários:

rascunhos disse...

és um felizardo amigo,por conseguires falar do que a tua alma encerra...

não o escondas, atreve-te, deixa as palavras seguirem o seu rumo...

e já agora

uma noite feliz!

Isabel disse...

Haverá poema mais sincero e fiel do que aquele que é ditado pelos nossos olhos?!

Um até breve.

Isabel-F. disse...

"...
apenas desenho fielmente o que os meus olhos enxergam
...
"


por isso me deleito com os teus escritos ... e por isso é sempre um prazer ler-te...


bjs

Miguel disse...

Quem se dedicará a ver o que eles "chamam" ao que escreves?

Se a alma deles encerrasse coisa boa, não desfariam, veriam a "beleza das coisas" e não seriam, por certo, tão "infelizes"

un dress disse...

o pardal-fugiu-que-estava-um-lindo

dia-de-sol...


e pôs-se a caNtaR

no raminho maiSSS alTTTo


da cerejei ra

/o gaTo ficou apatetado a discernir sobre os poderes mágicos das...aSaS/


..................................


:))) BeijO

ana disse...

Por falares do que a tua alma encerra é que te sentimos tão próximo, tão "nosso", cada um dos que costumam ler-te.
Há uma fraternidade que não precisa de sangue nem voz, que se estabelece entre escritor e leitor.
Tu consegues isso.
O resto não importa.

Rosario Andrade disse...

Bom dia!!!!!
"ainda há quem queira mais tempo livre para sofrer melhor" !!!! Nunca tinha pensado nisso, e no entanto, que verdade tao grande encerra esta frase! Uma verdade só enxergada por quem ve o mundo de um modo especial. Como tu.

Bjicos

Maria disse...

"apenas desenho fielmente o que os meus olhos enxergam"
...................
"ainda há quem queira mais tempo livre para sofrer melhor"

São as duas frases que levo comigo.
Terrivelmente fortes...

Beijinhos

Escondida em mim disse...

Agradeço as tuas passagens pelo meu esconderijo.

Tu também escreves bonito.

Fica bem.

Beijinhos...escondidos!!

Bia disse...

falas do que a tua alma encerra e isso é tudo não?

escreves o que os teus olhos vêm... e eu fico encantada, pois em poucas linhas dizes tanta coisa... já eu! escrevo, escrevo...

Já uma vez falaste da inveja e ela é de facto muito feia.

Um beijo adoro ler-te

catmel disse...

António,

Acabo de descobrir este espaço e já o olho como um mundo de sentimentos por descobrir...

Beijos

poetaeusou disse...

/
mas sempre vou dizendo
/
abç
/

Afonso disse...

Daí eu gostar de fotografia. Não há nada mais real do que o que os nossos olhos vêm.

Até breve . . .

foryou disse...

Mais tempo para sofrer?? Olha que desperdicio de tempo! Mais tempo sim mas para viver!

Alexandre disse...

Essa última frase dá que pensar... e às vezes eu pergunto, o que andamos todos nós a fazer aqui, isto faz algum sentido, se não existisse a humanidade alguém dava por isso? A Terra dava... e agradecia!!!

Um abraço. Sê aquilo que deves ser!!!

kurika disse...

Obrigada por nos dizeres estas coisas de forma tão especial...como só tu sabes faze-lo.

Um beijinho

clotilde disse...

Mas que linda sardinheira!!!

"ainda há quem queira mais tempo livre para sofrer melhor"

Esta frase é perfeita, só que há gente que gosta, sabes porque? Um dia acham que vão ser heróis!!!

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Ou fantasias pseudo-inúteis de poeta?
A última frase do poema é soberba.
Abraço.

soslayo disse...

antónio paiva:

E quem diz aquilo que sente a mais não é obrigado!

Dêem-me mais tempo para melhor sofrer lendo! É masoquismo, pode ser? É um direito meu!?... Um abraço.