09 fevereiro, 2007

alma inquieta

(fotografia chuvamiuda)

porque te procuras onde não estás?

alma inquieta e peregrina

porque foges da tua sombra?

mulher, eterna menina

não deixes que o medo

te leve o dedo à boca

te imponha o amargo do silêncio

liberta-te das amarras do tempo

do peso das censuras banais

pensarás tu que já amaste demais

procura-te dentro de ti

te acharás rainha no fundo do mar

emerge na magia do sorriso de corais

antónio paiva


15 comentários:

Luis Monteiro disse...

Venha conhecer o blog que veio substituir o "L&M - Um blog sobre tabaco?".
Abraço e continuação do óptimo trabalho.

Maria disse...

seria a emancipação, de facto, da mulher...

Bom fds

a_cabra disse...

gosto de te ler prosa... mas adoro mesmo é ler-te poesia... beijo e bom fim de semana

sonia r. disse...

De volta. Bom dia.

Rosmaninho disse...

António

Magia, sorriso, rainha...é a mulher sempre (ainda que inquieta peregrina e eterna menina...).

~*Um beijo*~

Joana disse...

Amigo, bom e terno amigo...

li as tuas palavras como se fossem resposta às minhas inquietações

e depois...

...encontrei-me no fundo do mar.
mas não como rainha! :(

Beijinho muito grande e bom fim-de-semana (abraço terno)

Crystalzinho disse...

E como gostava de me encontrar dentro d emim!
Bjs

Nilson Barcelli disse...

Um bom p+oema cheio de bons conselhos...
Bom fim-de-semana.
Abraço.

ana disse...

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!
............Florbela Espanca......
..................
Obrigada pelo que escreves, poeta!

Luna disse...

A procura interior é o caminho,mas tão espinhoso é, tão dificil de percorrer
beijinhos

segurademim disse...

... este é todo meu

sem dúvida menina rainha ... apesar do percurso sofrido


bom domingo . adorei

beijo :)

Um Poema disse...

Bom domingo!

Um abraço

Afonso disse...

Boa semana ...

rascunhos disse...

Lindo lindo lindo...

Adorei a escolha das palavras que fizeram um tão belo retrato.
Um beijo e uma boa semana para ti

claudia disse...

A busca incessante de nós onde não estamos (lugar ou pessoa), e o sofrimento que isso nos trás.
Porque é tão dificil sermos felizes para nós mesmos?