03 abril, 2007

A Razão das Crianças

(fotografia antónio paiva)

Num canal televisivo, ouvi algumas crianças afirmarem com bastante convicção, que as pessoas boas quando morrem vão para o céu e as más ficam na terra.

Eu, que desde criança sempre ouvi dizer, que os bons iam para o céu e os maus iam para o inferno, confesso que fiquei confuso, intrigado, fiquei danado, senti-me traído, enganado, pois foi preciso esperar até esta considerável idade, para que viessem estas simpáticas e generosas crianças dizer-me uma coisa destas.

Em perfeito estado de choque fiquei a matutar no assunto, raios, eu habituado a estender os ossos na enxerga com a convicção de que este era um problema totalmente resolvido, glorificando assim o meu génio sabedor, eis que surgem estas crianças inesperadamente para me complicar a vida.

Atirei o corpo fora dos lençóis, decidido a não virar os olhos enjoados à realidade das coisas, e desabafei heroicamente: tens de trepar a ladeira das dúvidas e esclarecer isto de uma vez por todas.

Decidido a levar a tarefa a cabo, aconcheguei-me na cadeira assim como a querer aquecer o pensamento e arregacei as mangas, foi por essa altura que por lógica associação de ideias (pelo menos para mim), me lembrei que em muitos momentos da minha vida a terra parecia minguar à minha volta.

Afinal, a inteligência instintiva que arde em todas a mentes e pelos vistos na minha também, está sempre a enviar-nos alertas, aos quais nem sempre damos a importância que devíamos, ora bastava eu acender os olhos pelas ruas, com um pouco mais de trabalho estendê-los pelo mundo, para não ter de ficar à espera que estas amorosas crianças me viessem dizer o que é óbvio.

Então não andam por aí adultos a alegar que, o castigo e a humilhação das crianças, são apenas para as aliviar dos diabinhos que transportam no corpo, cuspindo a torto e a direito discursos cavernosos, em defesa de uma coisa que só pode ter um nome: crueldade. Quantos deles não começam o dia logo pela manhã, a dar uns valentes açoites nos filhos, «caluda se não ainda levas mais», depois compõem a gravata e vestem casaco, saindo de casa com a hipócrita serenidade, de quem acha ter cumprido um elementar dever paternal.

Como se isto já não bastasse, ainda há as bestas com cara de boa pessoa, que os violam e violentam, deixando aos inocentes uma dolorosa sensação de culpa, que afogam mares de lágrimas, num choro abafado que ninguém ouve. Mas os malditos lá querem saber daquelas dores de tenra idade.

De vez em quando lá aparecem uns protectores, com um ar de quem tem olhos onde os anjos fazem ninho, esbracejam, gritam, bradam, bradam, enfim os típicos sofredores públicos, alguns pagos a peso de ouro, existem para aparecer com o coração em chamas, sempre que alguma vítima chora mais alto. Inclinam-se carregadinhos de piedade sôfrega, mas depois, depois, de alma vazia e ironicamente aconchegada, regressam ao conforto das prateleiras douradas.

- Palermas!

Então que culpa tem o inferno que esta gentalha exista, para ter de levar com eles?

Nenhuma! Claro, nenhuma!

As crianças têm toda a razão, esses animalejos ficam na terra e bem fundos, só tenho pena é que a terra tenha de levar com eles, de digerir todo aquele veneno asqueroso, tenha de viver aflita e agoniada, com vontade de gritar:

- Fui humilhada!!!!



antónio paiva

27 comentários:

foryou disse...

Adoro a tua prosa que me é muito fácil entender (preguiçosaaa...)

(o texto não comento que me faz doer)

(e sim eu sei que tem muitos "alguém" a segurar o céu, tenho sorte eu, obrigada a tb a ti "alguém")

ana disse...

"...violam e violentam, deixando aos inocentes uma dolorosa sensação de culpa, que afogam mares de lágrimas, num choro abafado que ninguém ouve. Mas os malditos lá querem saber daquelas dores de tenra idade."
....................
Estes são os(as) malditos(as) que nenhum inferno aceita. Vergonha da espécie, indignos da vida. Este é O Pecado que não tem perdão.

Um Poema disse...

Quem maltrata uma criança nem na terra, nem no inferno, deveria ter lugar, mas apenas no esquecimento.

Porque é que este teu texto me traz à lembrança histórias que levaram ao desterro de um certo juíz para Timor?...

Um abraço

Isabel-F. disse...

soberbo.
distinto.
claro que as crianças têm toda a razão.

Boa Páscoa
Bj

rascunhos disse...

Bom dia amigo.Mesmo "de férias" não resisto a vir ler-te.
Como têm razãos as crianças: os bons vão para o céu , os maus...andam por aí!

Excelente texto o teu.Vejo que "regressaste" em força!
Boa Páscoa.
Um beijinho

PR disse...

Um excelente post.
Um abraço,

kurika disse...

Olá Amigo;

Não é segredo para os que me conhecem que eu tenho uma empatia enorme com os mais pequeninos...não é segredo que sofro muito por ele(s)...

...portanto, esses que lhes fazem mal são uns bárbaros lascivos que desprezo fervorosamente e que de facto, andam aqui no meio de nós, como essas crianças "te disseram", andam por aí disfarçados de boas pessoas...

...lamento muito por elas as atrocidades que ouvimos todos os dias...e choro em silêncio...

Bonita esta tua homenagem, nesta quadra triste...

...não sei porque não gosto da Páscoa...

Um beijinho

Nilson Barcelli disse...

Excelente texto.
Vejo colunistas com muito menos qualidade a escrever todas as semanas. Ainda ninguém te descobriu?
Um abraço.

Miguel disse...

E a terra que assim colecciona gente dessa, vai-se tornando um inferno...
Felizmente temos exemplos diferentes com os quais deveríamos passar mais tempo a aprender. E tudo voltar a pôr no seu lugar: O Céu, no céu; o inferno, bem lá em baixo e a terra menos inferno e mais ceu, isto é; mais terra.
Abraço

Lia disse...

Ao ler-te é patente o enorme carinho que tens pelas crianças, carinho esse que deveria ser normal em todos os habitantes deste planeta. Mas infelizmente, e como o inferno parece ser mesmo aqui a Terra, vemo-nos diariamente confrontados com situações de desprezo e crueldade para com os "homens do amanhã". Até quando vamos demorar a perceber que ao tratá-los tão levianamente estamos a comprometer o amanhã...

Beijinhos, António e um entardecer sereno

chanesco disse...

"O melhor do mundo são as crianças", só que o mundo tem dias e lugares.
Nuns é o céu estrelado, noutros é um inferno a ferro e fogo!

Excelente texto e pensamento

Um abraço e boa Páscoa.

Opintas/Bernardo disse...

Perdi-te o link. A fazer se o meto hoje.
Bom dia!!!

nana disse...

you bet....

:o(((((

Claudinha disse...

Meu amigo, devemos sempre estar de olho nas crianças, elas t~em muito anos ensinar e nós, por isto mesmo, temos a responsabilidade imensa aumentada sobre elas. Umb eijo e Feliz Páscoa!

mixtu disse...

forte e coerente...

abraços

Luna disse...

Sem duvida que a Terra é o inferno, desde menina que sei isso, sabes meu amigo, existem crianças que o dizem, mas infelizmente existem outras que o descobrem na pele ,como tão bem exemplificas.
Boa Pascoa, beijinhos

soslayo disse...

António Paiva:

Também existem esses na terra meu amigo, neste mundo do mal... Pavoneados e como bem o dizes: "...das prateleiras douradas...) mas, já são tantos que a excepção é os não haver! Umas Boas Páscoas para ti poeta com serenidade. Um abraço.

Opintas/Bernardo disse...

Bom dia, boa Páscoa e um abraço.

claudia disse...

Enquanto me for permitido a minha filha não vai saber da existência desse lugar, o inferno. Nem que eu esteja sentada mesmo em cima dele!

PintoRibeiro disse...

Boa noite e um abraço.
( Não tenho culpa mas anda aí outro fdputa a utilizar a minha assinatura. É fácil de detectar. Clicas e em vez de ir dar ao profile vai dar ao blogue ).

david santos disse...

Olá!
Uma Páscoa feliz para toda a humanidade.

Alexandre disse...

É verdade tudo o que dizes. Conheço uma psicóloga de um infantário que trata os filhos abaixo de tudo o que se possa imaginar - até partiu o braço a uma das filhas com um empurrão!!!

E no entanto continua a exercer a actividade sem que ninguém tenha coragem de a molestar - falo de uma instituição de solidariedade social...

Um abraço. Boa Páscoa!!!

Joana disse...

Boa Páscoa AMIGO...

...com saudade e aquele abraço!

Jofre Alves disse...

Passei para lhe desejar uma excelente Páscoa, com tudo de bom, e algum cuidado com as amêndoas... Boa semana.

PintoRibeiro disse...

Bom dia, bom domingo, abraço.

un dress disse...

vale sempre a pena chamar o assunto.
(fico muito muito angustiada e impotente...demasiado...)

a.bra.çOOO

Isabel-F. disse...

boa semana para ti
bj