23 abril, 2008

breve V





acordar à noite com o peso da dúvida no peito. escrever duas ou três linhas para convalescer. enchendo gavetas, e a tristeza pára nos meu olhos.
antónio paiva

7 comentários:

kurika disse...

O peso da dúvida é um peso pesado!!!

Espero que a tristeza que parou nos teus olhos, tenha saído pela janela, bem rápido...

Fica bem

Um beijinho

Maria disse...

breve, breve, a tristeza...

Beijinho

ana disse...

Escrever para convalescer - que bela ideia.
Porque o peso da dúvida, só porque somos humanos, havemos de carregá-lo sempre.
E a tristeza, xô, xô, xô ... vai embora!

Um abraço.

musalia disse...

também me acontece, mas não escrevo. espero que a manhã me visite...

beijinhos.

foryou disse...

A mim incomoda-me é acordar de manhã cedo e não ser fim de semana ou férias :P

José Miguel Gomes disse...

Que pare apenas para ver a felicidade nascer.

Fica bem,
Miguel

segurademim disse...

... as insónias são sempre perturbadoras