26 janeiro, 2007

abraçar o céu

( fotografia chuvamiuda)
(clicar na imgem)
as horas sucedem as meias horas
cansado de mastigar bolor
na azinhaga do esquecimento

salva-me o teu ventre
em forma de violino
deposito o meu beijo sedento

sons apenas sons
o diálogo dos corpos vibrantes
partimos juntos a abraçar o céu
antónio paiva

12 comentários:

lifeyes disse...

olha tu desculpa lá mas se queres ir para o céu é problema teu, eu gosto de estar aqui na terra, portanto tira lá essa do "partimos juntos", sff.

Bom fim de semana ***

Testa Alta disse...

O poeta, em tempos, tocava uma sonata num piano.
Hoje beija um ventre-violino.
Daí advém, por certo, a musicalidade dos seus versos.
E mais a inspiração para as fotografias, tão bonitas.

Anónimo disse...

Muito bom!
Bom fim de semana.
Um abraço

kurika disse...

Amigo, nesta tarde fria e soalheira, toco para ti uma música na minha guitarra, acabei de tocar "Angie" dos Stones... eu, a guitarra, as músicas, andam com algum bolor..., estou a afinar as cordas e hoje, especialmente, dedico-te esta música.

E... enquanto te leio, através das tuas palavras me deixo guiar para um espaço fora do meu.

Hoje, estava o resto do dia a ouvir-te, e deixava-me transportar para o mundo que tu pintas com as tuas palavras sábias.

Desculpa-me, hoje refugiei-me em ti.

Um grande beijinho, e bom fim de semana.

segurademim disse...

... tão bom!

beijo . bom domingo :)

a_cabra disse...

podias antes ter escrito... salva-me o teu ventre completamente delineado de tanto abdominal que fazes :ppp
beijo beijo
(e está lindo...)

PR disse...

Gostei, gostei mesmo. Bom domingo, abraço.

Chanesco disse...

As horas sucedem as meias horas e assim o tempo brinda-nos com o ocaso sensacional desta fotografia.

Abraço e boa semana

osangue disse...

Boa noite, então.

kurika disse...

Bom dia e Boa semana.

Beijinhos

stela disse...

Gostei muito do poema, com a foto bem a propósito... identifiquei-me mais com a parte: "... cansado de mastigar bolor na azinhaga do esquecimento..."
beijos

rascunhos disse...

bom dia amigo

é lindo este poema!

...todo ele!

Uma semana feliz por terras do ti beto jonas que nós cá ficamos com o sósia dele por aqui :-)