24 janeiro, 2007

libertar

(fotografia chuvamiuda)
(clicar na imagem)

libertemo-nos de olhares bocejantes

que insistem em dar sentido ao tédio

peritos em fabricar monotonia

lançam sorrisos lamacentos

querem-nos obedientes e trôpegos

atiram-nos neblinas que comem os olhos

adoram olhos enferrujados de tanto chorar

libertemo-nos pois

dos andares desnorteados

de labirinto em labirinto

a transpirar de tédio

voemos então para além das brumas doridas

antónio paiva

17 comentários:

Anónimo disse...

Parecido a proposta com o post de nossa amiga Isabel Filipe, a liberdade, um tema que envolve os seres humanos, "liberta antes que tardia"
Big Kiss

Testa Alta disse...

"andares desnorteados
de labirinto em labirinto".
Porque nem sempre descobrimos a ponta do fio.

bom dia isabel disse...

Deixo-te um beijinho e desejo-te uma noite serena. Continua teus versos bem inspirados.

Anónimo disse...

lindo, lindo borracho... é só o que me ocorre dizer...
:-) beijos

Caiê disse...

Tudo o que tenha a ver com o verbo "libertar" ou o nome "liberdade" é bem vindo!

stela disse...

... voemos então, até para lá do nosso ser, do que os outros insistem em fazer de nós...
beijos grandes

kurika disse...

Se eu fosse um "ser" diferente acho que quereria ser ave ... para poder voar... é a palavra que mais me ocorre quando quero espairecer...

...portanto Amigo, se eu podesse voar, voaria até essas ruínas maravilhosas... que seria muito mais além das brumas doridas que aqui se respiram....!!!


Um beijinho grande

...o meu espaço anda em segundo plano, excesso de trabalho!!!

Anónimo disse...

Bom dia à pedrada, então. Abraço.

Rosmaninho disse...

Ai António!

Estou atrasadissima! Tanta coisa que tenho para ler! Preciso de mais horas no dia :):):).

Voltarei assim que me libertar do tempo.

~*Um beijo*~

bom dia isabel disse...

Beijinhos. Um soninho calmo e um sonho lindo.

lifeyes disse...

Aquele Tóino escreve bem, quem é? :P

Anónimo disse...

voar para além seja do que for... sempre!
voar, sempre!

Anónimo disse...

Libertemo-nos sim!...e voemos...
Um abraço

segurademim disse...

tristes as palavras, sofridos os sentires, intensos!

tal como a vida, enquanto bem vivida... entregamos-nos a nós, ouvimos o que nos dita a consciência... e falamos tantas vezes com o coração na boca, sem obediências ao politicamente correcto, tantas vezes contra a corrente... lamacenta da avalanche, que pretende engolir e esmagar o sentir individual único

somos assim verdadeiros inteiros rebeldes

o tédio? não nos habita

felizmente

[mi casa és tu casa]

beijo transparente . bom dia :)

Anónimo disse...

voemos então até onde o pensamento nos levar

(achei interessante a coincidência do tema será por ser 6ª feira?) ehehehehe

um bom fim de semana (aqui faz um frio de rachar brrrrrrr)
beijos

Anónimo disse...

Bom fim de semana.

Anónimo disse...

Vamos então libertar todo o trabalho e aproveitar um grande fim de semana.

Bom fim de semana.

marinheiroaguadoce a navegar