08 maio, 2006

Timor


foto JN online
Aldeias das montanhas de Timor voltaram a acolher os habitantes de Díli,
que receiam novos confrontos na capital timorense
Faz-se silêncio na capital do rumor

Deixamos aqui alguns excertos do artigo do link, publicado pelo Jornal Notícias, afirmações de timorenses:
  • As palavras de Manalu pareciam premonitórias. "Havia mais unidade antes da independência. Perdemos depois unidade porque não nos sabemos valorizar uns aos outros". Maria de Lurdes diz poucas coisas azedas. Fala mais com os sonhos. E com a mágoa.
  • Estamos nas montanhas de Dare, a 20 quilómetros de Díli, em fins de Fevereiro último, nos restos da última visita de Jorge Sampaio enquanto chefe de Estado. Por todo o território se cantam os hinos de Timor-Leste e de Portugal. Como se fosse uma despedida de um país adolescente que vai entrar na maioridade. Maria de Lurdes acabava de acomodar o estômago de 48 almas, crianças, tuberculosos e pobres, homens e mulheres, que encontram refúgio no regaço das casas-abrigo que vai construindo por toda a nação para ajudar "o povinho". O mesmo povo que a voltou a procurar em massa após os confrontos violentos da sexta-feira de 29 de Abril, envolvendo os militares expulsos e que, oficialmente, causaram cinco mortos e 35 feridos.
  • As palavras dela, insiste-se, são como punhais certeiros do porvir. "Lutámos 24 anos pela independência. Unidos. Cada qual com a sua função. Mas depois veio a independência e ficámos descansados, por causa do cansaço da luta. A presença de muita gente de fora deixou-nos adormecidos".
Em nossa opinião, da liberdade poder-se-á dizer, que quem a tem raramente sabe cuidar dela.
O nosso muito obrigado e boa semana.





21 comentários:

Caiê disse...

Depois de ganha a liberdade, perde-se sempre um certo fôlego ... Vide Portugal pós 25 de Abril. E mai nada. ;)

sonia r. disse...

Uma boa noite Chuvamiuda.

Bjo.

alfazema disse...

Bom dia Amiguinho burrito

Não li o teu comentário. Volto logo.
UM beijinho

amigona disse...

Estão os "tubarões" à solta!... Vamos ver se Timor consegue vencer!

Beijo e boa semana!

Tia Cremilde disse...

..."quem a tem raramente sabe cuidar dela"... é só pegar no nosso exemplo!

Ouvinte disse...

Isso parece ser um mal geral ... afinal somos uma raça animal a viver neste planeta ... parece que não sabemos viver livres ... parece mentira mas é a verdade.

;)

Anamargens disse...

"Maria de Lurdes diz poucas coisas azedas. Fala mais com os sonhos. E com a mágoa".
Postura de quem viu de perto ou sentiu o que é a dor. De quem sabe que azedume não cura nada.
Um beijinho para ti, chuvamiuda, que és atento e preocupado com os outros.

Maria disse...

Vim deixar um beijo sereno e um bom inicio de semana

Rosmaninho disse...

Bom Dia, Companheiros!

Geralmente, depois de se ter o que desejamos... já não o valorizamos tanto... parece-nos que nunca mais nos irá faltar mas...geralmente, enganamo-nos.

~*Um beijo*~

Elipse disse...

Primeiro luta-se contra um inimigo comum. Até aí tudo bem.
Depois surgem as divisões... e os desentendimentos...
Além disso coquem é que, do exterior, não cobiça um solo com petróleo?

anirac disse...

sim, quando algo passa a livre muitas vezes passa a sinónimo de desorientação. beijinhos burrinho

musalia disse...

quando se viveu muito tempo sem liberdade, tem de se aprender a manejá-la e, claro, mantê-la.

beijos.

alfazema disse...

Amigo burrito
A conquista da liberdade é como outra conquista qualquer. Depois de a termos conseguido temos de cuidar dela, temos de a saber defender do inimigo que a observa atento e ao mínimo descuido apodera-se da "coisa" conquistada. Reza a história que sempre assim foi e continuará a ser.
Este povo doce, humilde ,subserviente até, que recebe quem o visita como se de família se tratasse, não merecia tal fado. Oxalá aprenda depressa que a união faz a força.
Um beijinho grande porque denuncias, lutas por causas, és atento, persistente, resistente... Nunca desarmes. Estou contigo.

dreams disse...

Liberdade

anjos não colocam os pés no chão...
anjos voam....
eles nunca podem ser puxados pela gravidade da Terra...
se tu ficas aqui em baixo, és apanhado como presa pelos caçadores, mas se tu permaneces a voar ninguém será capaz de fazer nada contigo...
não importa quão bela uma gaiola de ouro possa parecer, não fiques armadilhado nela...
somente aqueles que são livres de escravidões podem voar...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

Mendes Ferreira disse...

cuidar bem que que se tem é mal de muitos...!






(obrigado pelas visitas).

e por Timor!

Maria disse...

Noite calma, agitada... o que melhor apetecer.
Beijinhos

Luna disse...

A dita palavra liberdade, que toda a gente procura, sem nunca a encontrar,e vamos vivendo como bichos fugindo dos outros e de nós proprios, em busca de algo que começa dentro de nós mesmos
beijinhos

LM disse...

No caso vertente, por ausência de hábito??
Beijo

alice disse...

querido chuvinha,

também vim desejar-te uma boa semana

espero que esteja tudo bem contigo

um grande beijinho

alice

alfazema disse...

Boa noite, chuvinha!
Dorme bem,um soninho descansado, sonho lindo e inspirado.
Beijinhos

Anamargens disse...

Que te embale um anjo - noite serena, Chuvamiuda.