17 maio, 2006

maldades e confidências

fotografia chuvamiuda
Olá rapaz estás na mesma!
E tu, rapariga não mudaste nada! (disse eu mentido entusiasmado)
Afinal de contas, o que custa manter a ilusão de alguém, que outrora fora uma loira de fazer perder o tino a adolescentes como ela.
Mas claro, um par de filhos e uma vida rotineira retirara-lhe o brilho de outrora, as formas bem torneadas viraram linhas quase rectas, à mistura com arredondamentos bem preenchidos.
O olhar apesar das rugas nos contornos ainda era vivo, ou talvez se reacendesse por lhe virem à memória as suas conquistas de outros tempos, os encontros afogueados às escondidas.
Falou-me das coisas da vida, dos desencantos do quotidiano rotineiro, eu ouvia atentamente disfarçando a minha pressa em ter de ir, quem gostaria de ouvir estas histórias era aqueles a quem rejeitava de forma maldosa em tempos que já lá vão.
Até eu me surpreendo às vezes, com a minha maldade interior, parece que até a minha pressa se ia esbatendo, à medida que aquela rainha agora sem trono, me ia contando como se desmoronara o seu reino, eu ia abanando a cabeça em sinal de compreensão, tentando ser o mais convincente possível.
Sim, pois, claro, dizia-lhe eu, ela não parava de falar, trazia a vontade a transbordar de desilusão, o choque de ter de acordar para a realidade, deixou-lhe marcas para as quais não há plástica que as remova ou disfarce.
Pois gostaria de ficar aqui a escutar-te a tarde toda, disse eu, mas tenho mesmo de ir, na verdade não tinha era mais capacidade para me manter mais tempo, nesta minha atitude de mentiroso complacente.
Despedimo-nos, com as tretas do costume, nada que não façamos milhares de vezes, a nossa existência, é um rosário de mentiras e ilusões, com algumas verdades à mistura.

23 comentários:

Anamargens disse...

Olá Chuvamiuda,
Hoje vieste mais tarde, tiveste um encontro.
Sobre o que escreves, pinceladas desse encontro, sentimentos que te perpassaram, só me apetece contestar uma coisita...
Posso? - Dizes: "a nossa existência, é um rosário de mentiras e ilusões, com algumas verdades à mistura".
Não será antes: "a nossa existência, é um rosário de verdades e ilusões, com algumas meias verdades/mentiras e mais umas quantas desilusões à mistura"?
O que chamas de mentiroso complacente, na minha melhor expressão, é uma forma de mentira piedosa. Quem não caiu nessa?
Beijinho.

dreams disse...

como custa às vezes colocar uma máscar que tão bem disfarçamos para sermos "piedosos"...
como custa ouvir uma verdade, é preferível continuar a viver uma ilusão...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

alice disse...

olá chuvinha ;)

como estás?

tenho sentido a tua falta

beijinhos,

alice

segurademim disse...

... conheço estes diálogos! fizeste-me lembrar porque deixei de ir ao almoço anual de antigos alunos !
há pessoas que têm imensa dificuldade em aceitar o passar do tempo...

confrangedor

beijo

Anamargens disse...

ah, e... noite serena.

LM disse...

Nem tanto,Chuva!
Beijinho

inBluesY disse...

vivemos tempos estranhos.

sofia. disse...

às vezes custa...

Rosmaninho disse...

Que confidências, Companheiros!

Maldades!? Mentiroso!?

A loira, agora rainha destronada, já não faz perder o tino a "jovens" como ela e a quem rejeitava em tempos passados...;)

Conseguiram parar, observá-la e escutá-la...Que grande capacidade a vossa!

~*Um beijo*~

Afonso disse...

Curiosa foto. Boa-noite!

sonia r. disse...

Um simples boa noite Chuvamiuda.

Bjo.

adesenhar disse...

:)

alfazema disse...

Burrito

Passarei por aqui mais tarde para comentar este post.Ontem não tive tempo. Passei apenas, de manhã, pela rosmaninho. Mas espera que te vou dizer umas verdades.Até logo.
Beijinhos

Tatiana Valentina disse...

Não poderia estar mais de acordo ...é um rosário de mentiras e ilusões, com algumas verdades à mistura. Sabes que as vezes também me acontece isso, tenho tendencia a dar pouca atenção aquele tipo de pessoas que só parece falar de problemas, é certo que a vida não á fácil, mas caramba estar sempre a falar de coisas más...xoooo... a vida também tem coisas boas !

Isabel-F. disse...

... temos de saber ter a arte de aceitar o passar dos anos ....

gostei do texto.

Beijo

alfazema disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Wisper disse...

eis uma situação que é frequente acontecer...

beijinhos

Caiê disse...

Oh burrito, isso é "o pão nosso de cada dia"! Já dizia o meu avozinho que a parte mais satisfatória de encontrar uma ex namorada é perceber que fomos muito ajuizados em não ficar com ela, porque, quando a vemos, até nos assustamos com aquilo em que ela se tornou! ;)

inquieta disse...

Prefiro dizer que a nossa existência, é um rosário de verdades e ilusões, com algumas meias verdades/mentiras e mais umas quantas desilusões à mistura"

alfazema disse...

Olá Burrito!

Vamos ver se é desta que o meu comentário aqui fica. É a terceira vez que o faço. Acredita que ela também foi tão mentirosa quanto aquele com quem falou. Os homens, muitos deles reis destronados, barrigudos, carecas, sem dentes, continuam convencidos da beleza de outrora em que armados em "engatatões" diziam ter três ou quatro namoradas. Mas continuas triste pelo abandono, talvez desdém da parte dela quando era jovem?
Desliga, tens-nos aqui todas a dizer que és lindo e
não te preocupes com essas mentiras. Essas são piedosas.Melhoram a auto-estima, uma coisa que tanta falta nos faz ultimamente. As mentiras insidiosas elaboradas por mentes pérfidas, essas sim são perigosas, traiçoeiras e deprimentes.
Olha deixo-te aqui um monte de beijinhos.

Ouvinte disse...

A quantas não aconteceu o mesmo, parece que estou a reviver os meus tempos de juventude de liceu onde as meninas mais bonitas e torneadas nem sequer olhavam para mim.

Hoje tenho 28 anos elas o mesmo ou um pouco mais, como sou homem é obvio que não tive de aguentar uma gravidez, nem no meu corpo nem provocada em alguem.

Eu estou quase na mesma, continuo feio mas ainda há quem me dê pouco mais de 21, elas muitas delas casadas e mães, homens feios e que as maltratam ... muitos destes os deuses de outrora que as meninas idolatravam ...

Como a vida muda ... acontece.

;)

alfazema disse...

Burrinho lindo!

Uma noite serena, um soninho calmo, bem repousante, e não sonhes muito.
Beijinhos e muitos

aos meus olhos disse...

Olá, cheguei aqui por acaso, mas se me é permitido dizer qqer coisita... aqui vai: Pois é, os homens pensam que estão sempre engatatões, mas é só aos olhos deles, pq o tempo passa por todos. Passei por uma situação identica há pouco, e garanto, que, para além de eu já não ser aquela miuda que dava nas vistas, não me digo rainha sem trono, era na altura princesa deslumbrante, actualmente rainha no seu devido lugar é tudo uma questão de auto-estima.
Gostei do blog, provavelmente voltarei...
ana