11 abril, 2006

ainda há quem não acredite

"As oportunidades multiplicam-se quando são agarradas;
morrem quando se deixam fugir"
O nosso muito obrigado.

19 comentários:

sonia r. disse...

É não as deixar fugir...
Boa noite Chuvamiuda.

Bjo.

alfazema disse...

Amanhá falarei um pouco mais contigo. Hoje fiz noitada . Os amigos e amigas bateram ao ferrolho e ficaram até agora. Foi comer e beber.
Amanhã falarei mais, prometi não ser parca em palavras e farei um comentário sobre o teu post.
Por hoje recebe um beijinho

Joana disse...

Eu tento agarrá-las...sério, mas às vezes sinto-me como um guarda-redes na baliza!!! :)

Um dia destes vou tirar fotografias a uma burrinha pequena e depois dou-te em forma de presente!!! :) é o meu folar.

Beijinho grande e uma noite tranquila amigo

HatA/mãe disse...

As vezes passam por nós tão rapido que não as vemos...
Temos que estar atentos
abraço

saxao disse...

Boa noite. Um abraço.

amadis / pintoribeiro disse...

Há que saber aproveitá-las. Um beijo de bom dia.

alfazema disse...

Passei por aqui para te desejar um bom dia e deixar um beijinho. É uma pequena oportunidade para falar contigo e não posso desperdiçá-la.
Até já.

Anamargens disse...

Eu acredito piamente. Mais ainda, dito por ti, que és uma pessoa atinada. Realmente, às oportunidades, é preciso estar atento e deitar-lhes mãos. Podem não aparecer de novo ao nosso alcance.
Gosto desta foto em que posso olhar nos olhos o amigo burrito que, por sinal, tem uma estrelinha branca na testa. De ve ser a estrela da sorte, das boas oportunidades: ter Chuvamiuda por amigo, aí está...
Beijinho.

Isabel-F. disse...

...eu estou absolutamente de acordo.

Beijos

runa disse...

Raskas, não!

Neith disse...

Uma grande verdade :) Beijinhos

Caiê disse...

E quando não sabemos bem o que agarrar? ...

Luna disse...

às vezes passam por nós sem as entendermos, é a vida a correr a nossos pés
beijos

Ana Pinheiro disse...

As minhas oportunidades multiplicaram-se...

alfazema disse...

Não posso deixar fugir a oportunidade de falar contigo. Quero que elas se multipliquem e Nunca se percam. Aliás, como viste, és um daqueles visitantes de que sinto falta quando não me deixa as boas noites e o desejo de um soninho sereno. As alfazemas adormecem cedo e também despertam cedo. De quando em vez , há noitada, porque faz falta. Dá saúde estar à conversa com um ou outro amigo ou amiga,tomar um copo, rir, ir a um barzito, ouvir um piano, uma guitarra, uma musiquinha de alguém de quem gostamos. Foi também o teu caso. E gostas de música da que eu gosto.
Um beijinho. Voltarei para te dar as boas noites.

Rosmaninho disse...

Ainda cheguei a tempo de agarrar a oportunidade de fazer um comentário...

Boa noite, Burro!
Boa noite, Companheiro!

As oportunidades, quando passam por nós, dão-nos sempre um sinal.
Saber interpretá-lo é que é o mais difícil!
Por isso, é que não multiplicamos oportunidades, a maior parte das vezes.

Tendes sempre razão, Burro e Companheiro.

~*Um beijo*~

P.S. Que imagem linda de companheirismo!

Ana disse...

Concordo totalmente!!! :)

Anamargens disse...

Só "boa-noite", amigo.

LM disse...

Algumas há que o melhor é mesmo deixá-las morrer!
Beijinho