03 abril, 2006

Ensaio sobre Censura e Coincidências

O regresso.....

Nota prévia dos autores:
O exercício da escrita, seja ele de carácter lúdico, cientifico ou até mesmo desprovido de qualquer interesse, ao ser tornado público, sujeita-se a ser alvo de crítica, de concordâncias ou discordâncias, é isso mesmo que dá o sal, que torna saboroso o acto de registar as palavras através da escrita.
Quando alguém se revê ou não nas palavras escritas por outrem, é-lhe dado por natureza o direito de discordar ou não, de criticar ou não, de ficar indiferente ou não. Agora de forma alguma lhe é dado o direito de se apoderar delas, tomando-as como suas, ou a si dirigidas em particular, fazendo delas um motivo de chacota pública, tentando fazer-lhes um linchamento público, aplicando a mesma receita ao autor ou autores das mesmas.


Gastão e seu companheiro Bobi, um cachorro simpático mas rafeiro, resolveram a dada altura passar ao papel, o seu modo de observar tudo quanto os rodeia, vai daí botaram-se a deitar “faladura”, sobre pessoas e personalidades, ideias e ideologias, organizações e seitas, conceitos e demagogias.
Obviamente nunca lhes passou pela cabeça, serem donos em absoluto ou ainda que em parte da verdade, movia-os simplesmente a vontade de escrever, a escrita na sua modesta opinião é um acto através da qual se exercita a mente e o espírito, escrever é como libertar vapores, eliminar toxinas, em suma alivia e tranquiliza.
O que eles desconheciam, era que há sempre alguém os espreita, à espera de lhes dar um golpe certeiro e fatal, no entanto uma coisa Gastão e Bobi têm aprendido, a vestir a armadura para se protegerem tanto quanto puderem, mas ao mesmo tempo nos seus momentos de meditação, juntando os prós e os contras, eles acabam sempre por regressar mais fortes e determinados, a fazerem o que lhes dá muito prazer.


Bibliografia a que recorremos:

TEORIAS DO DESCERNIMENTO – Autor desconhecido.
TEORIAS DE DIREITOS ADQUIRIDOS – Autor desconhecido.
TEORIAS DA DUPLA PERSONALIDADE – Autor desconhecido.
TEORIAS DO QUERO POSSO E MANDO – Autor desconhecido.
INCOMODAR INCOMODANDO – Autor Desconhecido.
HÁ CADA COINCIDÊNCIA – Autor desconhecido.
O DIREITO AO DISPARATE – Autor desconhecido.


Desejamos a todos uma excelente semana, o nosso muito obrigado.

19 comentários:

alfazema disse...

Obrigada por teres voltado. Fiquei muito feliz. Gosto muito de ti burrito inteligente.
Um beijo

Elipse disse...

Continuo sem perceber tudo, mas acho que devo ter apreendido o suficiente. Guerras blogosféricas é coisa frequente (já me calhou a mim...)mas este espaço, de facto, é ambíguo e é dúbio. Basta que não se vejam os rostos, os olhos... e nunca se sabe se o que se diz é brincadeira séria ou seriedade brincalhona ou outras coisas de má fé que agora não vêm ao caso.
Enfim... se te dá prazer estar aqui, dá-nos prazer com a tua presença.
Deixo um beijo grande, virtual, é certo, mas verdadeiro.

alfazema disse...

Foram dois dias de reflexão. Foram dois dias de dúvidas. Voltar ou não voltar, eis a questão?
Depois de pensar bem no assunto, resolveram fazer orelhas moucas à censura e fizeram muito bem. Todo aquele que expõe as suas ideias, sejam de que tipo fôr tem de aceitar a crítica favorável ou desfavorável de quem as lê. Também tenho, por vezes , sucumbido com a censura interna a que me vejo sujeita mas vou lutando. Burro que é burro dá um coice e mulher que o é , vai em frente com aquilo que se propõe dizer ou fazer.
Um beijo

Rosmaninho disse...

Burro e Companheiro, Boa Noite!

Temos de Abril algumas décadas de Primaveras!...
O que vos dá muito prazer deverão
continuar a fazer, Sempre.

~*Um beijo*~

Lagoa_Azul disse...

Eu assumi como pura mentira de primeiro de abri, daí eu entrar na brincadeira, se fosse a serio teriamos uma outra conversa também ela muito seria...

Gosto dos livros onde recorres para escrever teus posts, existe um que recomendo "O Dever á tolerancia" ;)

E pronto votos de uma boa semana, e os beijos sempre com carinho..

anirac disse...

boa semana para ti tb, continua com essa tarefa,sim. beijo;)

Joana disse...

Amigo(s)...

sempre com voz activa e partilho das reinvindicações.
Há gente com uma lata!!!

Não desistas...por ti e contigo estarei.

beijinhos grandes e boa semana

Mocho disse...

Ensaio sobre "Liberdade de expressão" - Beijo grande no teu focinhito peludo e festinhas nas orelhas do rafeirote!!! (Há hábitos que não se esquecem fácilmente).

LM disse...

Que susto,Chuva!!
Puxe da armadura sempre que necessário.
E se precisar de reforços, é só chamar,já sabe!

sonia r. disse...

Uma brincadeira um pouco demorada, não? Gostei muito do regresso. Um bjo de boa noite Chuvamiuda.

alfazema disse...

O que me dá realmente muito prazer é passar por aqui, à noitinha, só para te desejar um soninho descansado.
Dorme bem.
Um beijo

amigona disse...

Já tinha saudades!

amadis / pintoribeiro disse...

Ainda bem que voltaste Chuvamiuda. Um beijo de boa noite.

alfazema disse...

Boa dia Chuvinha. Ainda bem que volto a poder dar os bons dias ao Gastão ( Gastanito como se diz na minha terra) e ao Bobi.
Continuem com os vossos indispensáveis escritos.
Um beijo

Anamargens disse...

Ai que contente estou!
Chuvamiuda e o burrito fazem falta na minha vida e, pelos vistos, na vida de muitas pessoas.
Ainda bem que se fortaleceram e voltaram. O caminho é em frente, mesmo quando, por vezes, é preciso dar um passo atrás...recomeçar é preciso.
Beijinho a Chuva e festas ao burrito.
E que bela bibliografia aqui foi citada....lol....lol...

Isabel-F. disse...

...pelo que aqui escreveste...deu para entender que algo desagradável se passou...ainda bem que ultrapassaste isso...

bjs

Miguel disse...

E mai'nada!
Apesar de não perceber a perseguição de que falas, estou em total acordo com o exercício desenvolvido a partir dela.
Bravo .. é isso... sem mais

eco de mim disse...

pena a foto ñ dar p/ver melhor...

(olha, no outro dia, qdo ia trab, vi no meio da estrada, dentro de uma localidade, dois burros q pareciam surgidos de lado nenhum. os carros passavam devagainho e eles lá estavam, mm no meio, mt menos incomodados do q os condutores q ali passavam. achei a cena insólita!!!)

Luis Monteiro disse...

Sejam bem vindos.