26 janeiro, 2006

O Burro em Dia Cinzento

DIA CINZENTO

Tão cinzento quanto eu, são dias cinzentos, que nos fazem questionar, o que somos, o que queremos ser.
Que nos levam a fazer um balanço, de tudo o que fizemos e ainda queremos fazer.
São dias cinzentos, que nos levam à autocrítica, às vezes quase ao desespero, no fundo quer queiramos quer não, fazem parte da nossa existência.
Normalmente custuma ser a partir daí, que tomamamos decisões, iniciativas, que nos levam a produzir dias mais claros.
Sim é verdade, após escrever estas linhas, já vislumbro alguns raios de sol, isso deixa-me satisfeito, dá-me vontade de continuar a caminhada, que pela minha vontade está longe de chegar ao fim, sejam quais forem os caminhos por onde tiver de ir.
Façam o favor, de transformar dias cinzentos, em dias de sol, por muito difícil que pareça fazê-lo.
O nosso muito obrigado.

6 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

É sempre bom questionarmo-nos...termos os nossos momentos de reflexão...foi assim que um dia alguém me ensinou a caminhar...Parar e escutar...
Estás a caminhar...

Fausta Paixão disse...

Ó meu amigo... com tamanha modéstia e tão boa vontade de pôr sol no cinzentismo... já tem uma admiradora cativa.
E fica um beijinho.

Luis Monteiro disse...

Os números do contador de visitas mostram que este blog está a seguir no bom caminho...
Está lançado!!!
Abraço

chuvamiuda disse...

Os comentários colocados neste blog, são fundamentais, uns pelo carinho em especial, outros pelo incentivo, o meu companheiro e eu agradecemos, todo o vosso suporte na nossa caminhada, a quem nos visita e não comenta, agradecemos de igual modo, voltem sempre.....

Anónimo disse...

Nossa, tantas admiradoras...