20 março, 2006

Caminhos e destinos

Ia apressado, parecia-me caminhar com um ar decidido, saudei-o ele acenou mas continuou o seu caminho, perguntei-lhe à pressa onde ia com tamanha certeza, apressadamente respondeu-me, que a única certeza que tinha, era que sentia a necessidade de ir a algum lado.
Ainda fiquei um pouco a olhar par ver qual a direcção que tomava, pareceu-me hesitar a dado momento, mas dobrou a esquina e desapareceu. Fiquei a reflectir um pouco, sobre o que o levaria a caminhar tão decidido, se não tinha a certeza de para onde ia. Olhei à minha volta, dei conta que muitos e ainda mais outros tantos, caminhavam tão apressados como ele, com as mesmas expressões no rosto. Interroguei-me sobre se também eles não tinham certezas, se também eles sentiam apenas a necessidade de ir a algum lado.
Olhei-me através do espelho da vitrina, sobrepunha-se às imagens de silhuetas que apareciam e desapreciam apressadamente, um rosto, uma figura, era eu, fiquei perplexo, o meu rosto estava a adquirir também a mesma expressão, de todos os outros que me rodeavam, que se movimentavam, num vai e vem frenético.
Fiquei preocupado, não gostei nada do que estava a ver, não queria caminhar apressado e sem rumo, não queria ser mais uma daquelas expressões vagas, perdido na ilusão de um qualquer destino. Traçar o meu próprio destino, sempre foi um objectivo que me moveu, não abdicarei dele, tomei então a decisão, abracei a minha tarefa, seria ainda mais criativo, mais voluntarioso, mais decidido, no meu caminho colocaria sinais de presente, de activo, de solidário e também de amigo.
Não o voltei a encontrar, espero que também ele tenha encontrado o seu rumo, o seu objectivo, gostaria de o voltar a ver, para falar com ele sobre isso, para ver se caminhava mais devagar, mas mais firme, para lhe olhar o rosto e encontrar um olhar mais sereno e menos vago.
O nosso muito obrigado, desejamos a todos uma óptima semana.

25 comentários:

sonia r. disse...

Todos nós temos essa necessidade de caminhar sem destino. Simplesmente caminhar...
Boa noite Chuvamiuda.

Bjo.

Mocho disse...

Todos nós temos que seguir, algum dia, o nosso caminho havendo, se necessário for, que nos afastarmos. É assim que o destino toma forma e é assim que se toma conta que a adolescência passou. Sabes que gosto de me encontrar com amigos que, num determinado momento da vida, estavam ligados a mim. É possível sentir, pelo rumo das suas vidas, o rumo que a nossa própria vida levou. Bicadinha forte na crina (não vás tu ter medo que eu tenha o H5N1). PIU!

Mocho disse...

P.S. - Pensando bem, crina de burro existe ou acabaste de ser promovido? Vou averiguar...

dreams disse...

Ando devagar porque já tive pressa
Levo este sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe...
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei...
Mas ando e sou eu que decido que rumo tomar...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

alfazema disse...

Às vezes faz falta caminhar sem rumo para aliviar tensões acumuladas no dia-a-dia vertiginoso em que vivemos. Porém , nunca dos devemos afastar daquilo que faz parte do nosso quotidiano. Perder o Norte é muito perigoso. Mas o teu post fez-me recuar trinta e alguns anos na minha vida. Nesse tempo, passei a viver temporariamente numa grande cidade e dei por mim a andar apressadamente, muitas vezes, sem ter necessidade de o fazer. Todos à minha volta andavam num corropio incessante e eu a tomar o seu ritmo, quase o seu rumo, para mim incerto.
Mas, felizmente ,tenho o meu e nem as correntes, nem os ventos ainda conseguiram afastar-me do que tracei. Espero que assim continue.
Um beijinho

Neith disse...

Eu apenas tenho uma certeza...teimar em prosseguir o meu caminho que me levará a outros caminhos que se cruzarão com o meu ;) Beijinhos e votos de uma boa semana

alice disse...

bom dia, querido amigo

as tuas palavras de ontem foram as mais bonitas

e o meu domingo foi óptimo, o teu também?

desejo-te uma boa semana

um grande beijinho,
alice

sonia r. disse...

Tem um bom dia Chuvamiuda.

Bjo.

Anamargens disse...

Já deixei para trás esses dias das pressas e de caminhar sem rumo. Já não quero fugas para a frente. Os meus passos "sem rumo" de hoje, serão sempre rumo à orla do mar, à beira do rio, ao jardim mais tranquilo que me esteja por perto.
Já não caminho olhando as pedras da calçada. Olho árvores e janelas, olho rostos e expressões.
Já me cruzei com risadas, sorrisos, lágrimas, indiferenças, vazios! E cruzei-me com muitas pressas sem destino também.
Beijinho.

Rosmaninho disse...

Bom Dia Burro, Bom Dia Companheiro !

Façam favor de, sem pressas e com bom rumo, viver a Primavera, está a começar!

~*Um beijo*~

inBluesY disse...

pois grandes projectos, demasiada organização tb ja era ... beijinhos

spartakus disse...

B'dia K'mrds. Sem pressas. Abraços.

Elipse disse...

Temos sempre metas. O que não quer dizer que elas nos realizem.
Mas... também faz parte de nós a capacidade de adaptação. O que não quer dizer que nos sintamos sempre bem.
Complicado?
Somos sempre complicados. É essa a questão.

segurademim disse...

... as rotinas, secam-nos! esvaziam-nos, fazemos o caminho sempre pelas mesmas ruas e quando voltamos noutras esquinas, atravessamos outras ruas, descobrimos que não reconhecemos aqueles ambientes e ou temos ânimo para nos entregarmos à descoberta, ou voltamos ao acomodamento...

bom fazer projectos e cumpri-los, devagar, mas com persistência

beijo, boa semana ;)

anirada disse...

Olá, burrinho! Esperamos que tenha encontrado o rumo então. boa semana;)**

eco de mim disse...

na verdade, hj em dia, andamos todos apressados, uns p/chegar a algum lado, outros c a pressa esquecem-se p/onde querem ir! ;)

Águas da Vida disse...

Todos devem seguir seus caminhos, ha quem pega um atalho para chegar mais rapido, mas os caminhos a ser perseguido muitas vezes nos faz encontrarmos obstaculos que na verdade nada mais é que troféus para nossa prateleira da vida.
Um excelente inicio de semana .
Big Kiss

mixtu disse...

infelizmente caminhamos muitas vezes muito depressa e sem "rumo", temos que fazer o nosso caminho,,
cumprimentos

Mocho disse...

Existe!!!!

Mocho disse...

Onde é que reclamo o meu prémio ;-)

Joana disse...

Muitas vezes encontro-me assim, a caminhar apressado e sem rumo e muitas dessas vezes nem a caminhar estou. Estou parada, sentada, deitada. O pior de tudo é quando cá dentro já não encontramos um sentido, um caminho, quando já não sabemmos que rumo seguir nos nossos próprios sonhos...não será?

Beijinho grande e boa semana.

O meu próximo post no Ponto Jota...é para vocês! :)

Anamargens disse...

Boa noite.
Boa PRIMAVERA. Chegou há poucas horas!

alfazema disse...

Boa noite chuvinha. Boa Primavera. Aqui choveu há pouco. Primavera regada, Primavera abençoada.
Aqui te deixo uma flor.

Popper disse...

Tudo, ou quase, está nas nossas mãos. É um cliché, eu sei. Mas vale pela utopia. Boa noite.

sonia r. disse...

Estás atrasado Chuvamiuda.

BOA NOITE QUERIDO AMIGOOOOOOOOOOOOO.