19 março, 2006

Dia do Pai

Como é do conhecimento dos habituais, neste canto ao Domingo não há o hábito de escrever, no entanto hoje justifica-se uma excepção, o Dia do Pai.
Apesar das muitas vozes discordantes que por aí circulam, defendendo a ideia de que não devia haver nenhum dia especial, para coisa nenhuma, às vezes fazem-no numa tentativa desesperada, de se mostrarem mentes acima da média, ou porque tiques de azedume que povoam as suas mentes, as fazem estar contra tudo e contra todos, mesmo até contra elas mesmas.
Nós entendemos que é sempre salutar, dedicar dias ou o tempo que for necessário, para colocar em evidência o que deve ser colocado, por exemplo todos nós sabemos o que fazer no nosso dia a dia, no entanto muitas vezes nos reunimos para reflectir, se o estamos de facto a fazer da melhor forma, ou seja dedicar tempo à reflexão sobre seja lá o que for, assinalar coisas que para nós humanos e não só são importantes, são atitudes enriquecedoras e que em nada nos diminuem enquanto pessoas e não só.
Mas indo de encontro ao que nos levou a fugir ao nosso hábito, O DIA DO PAI, leva-nos a indicar algumas definições muito particulares, sobre o que é ser Pai.
Pai é aquele, a quem a mãe recorre para dizer aos filhos, se não fazes o que te mando vou dizer a ao teu pai.
Se não estudas nem cumpres com as tuas obrigações, vou dizer ao teu pai quando ele chegar.
Se não chegares à hora que combinámos digo ao teu pai.
Precisas de dinheiro pede ao teu pai.
Queres sair, pede ao teu pai.
Muitas mais expressões poderíamos aqui assinalar, é de facto com alguma tristeza, que constatamos que a figura do Pai, é na maioria das vezes associada ás coisas menos boas, ou ainda utilizada como figura de repressão.
A figura paterna é também muitas vezes encarada, como o depositante dos espermatozóides que vão fecundar o óvulo e pouco mais.
Assim é, a eterna guerra dos sexos, leva muitas vezes à deturpação do papel da paternidade, com o evidente prejuízo para todas a partes envolvidas, em especial os filhos.
Mas na realidade o que todos sabemos, mas nem sempre temos o bom senso para defender e enaltecer, é que a figura do Pai, é fundamental para o nosso crescimento e construção do nosso carácter enquanto seres humanos, por isso a devíamos cuidar e acarinhar com o devido respeito que nos merece.
Por estas razões e muito mais, pedimos aos que têm pais, aos que coabitam com pais, às mulheres dos pais, que neste dia coloquem ainda mais em evidência, a importância do Pai e, que reconheçam que nem sempre á fácil ser pai, eu por exemplo já não o posso fazer em relação ao meu, porque já partiu à algum tempo, partindo cedo demais.
Isto é o que nós pensamos que somos Burros.
O nosso muito obrigado

24 comentários:

sonia r. disse...

Bonito discurso. Tem um bom dia "papá". Bom dia Chuvamiuda.


Bjo.

holeart disse...

onde encontro estes burros todos?

alfazema disse...

Bom dia chuvamiúda

Infelizmente estou como tu.Já não posso dizer ao meu pai aquilo que lhe dizia vezes sem conta ( adoro-te,gosto muito, muito de ti...).
Concordo contigo( mas alguma vez discordei?)quando dizes que a figura paterna é essencial para o desenvolvimento da criança. Infelizmente muitos pais quando se divorciam , divorciam-se dos filhos
também e nem sempre há quem os alerte para os efeitos psicológicos que provocam nesses seres humanos que resultaram de um acto de amor. Depois, faz-se tarde.
Já me alonguei, mas que queres que eu faça? Eu gosto do que tu dizes e fico por aqui à conversa! Bom Domingo e , se és pai, dedica este dia inteirinho aos teus filhos e não esqueças a tua cara-metade. Já agora dedica-lhes os outros dias também.
Um beijo burrito ajuizado.

sem cantigas disse...

ainda bem que me lembraste!

Rosmaninho disse...

Bom Dia Burro, Bom Dia Companheiro!

Os melhores momentos da minha vida que passei com o meu pai, todos os dias lhe agradeço e recordo.
Sei que... é uma das minhas três estrelinhas que deixam o seu sorriso e me guiam, diariamente.

~*Um beijo*~

clotilde disse...

Bom dia!
Já falei com o meu pai, estava a tomar o pequeno almoço, ficou feliz quando lhe desejei um bom dia do pai. Entre migalhas e compotas, ficamos os dois a conversar.
Que bem que me soube...

Feliz dia do Pai chuvinha
Beijinhos

spartakus disse...

B'dia Pai?. abraço.

inBluesY disse...

beijinhos e beijinhos, se pai és, então mais beijinhos

:)))

Elipse disse...

Lembro vagamente este dia...
Mas gostei de te ler.

Joana disse...

Isso é no mínimo estranho...sempre que tinha que pedir alguma coisa ao meu pai, ele respondia: "Pede à tua mãe" (hehehe).

Isto acontecia mesmo, talvez porque o meu pai não quisesse representar a "figura do mal" que lhe incutem na sociedade!

Tenho no meu pai, o meu guia para a vida! :)

Por ele, sou o que sou hoje!!!

Beijinhos grandes para ti também pai!

Zeca disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Zeca disse...

Um beijo para ele, esteja onde estiver e como estiver.
Sempre fizeste falta e agora mais ainda.
----------------"------------------
Que se passa com o blogger?
Não deixa inserir imagens, é?
Tou tramado.

Anamargens disse...

Já não tenho, ao pé de mim, o meu pai. Tenho-o na memória, no carinho, no coração. Tenho-o numa certa forma de encarar a vida, que aprendi com ele. Lembro-o hoje e nos outros dias, que não são "do pai".
Se já és pai, um beijinho para ti, para o(s) rebento(s) e para a mãe deles. Se não és pai, um beijinho na mesma.
Ao burrito, um abração.

Menina_marota disse...

Pois é... este mundo anda ao contrário (digo eu, porque cá em casa a Mãe (que sou eu) acode a tudo! É chamada para tudo! Ainda me gastam o nome, digo tantas vezes!

Agora a sério: perdi o meu pai recentemente. O único Pai que agora existe cá em casa, quando chama por mim, é por... Mãe...
Até para ele eu sou a Mãe!
Mas os meus filhos adoram-no, especialmente porque o mau da fita sou eu (naquelas deixas de, não chegues tarde a casa, queres dinheiro outra vez?, quê??!! 3 amigos para almoçar hoje??(e eu sem nada preparado!)e por aí fora, o reportório nunca mais acaba...)
Pois é... o Pai aqui em casa, tem o papel de bonzinho, deixa fazer tudo... o filho levantar a mesa? Mas ia agora falar de futebol com ele!

Isto pode acontecer?? eheheh

Um abraço e Feliz Dia do Pai ;)

alyia disse...

Desculpa lá oh "burrinho" mas esqueceste a definição mais importante:
pai é aquele que fica ali com carinha de idiota, os nervos em franja, os cabelos em pé, o coração aos saltos, o aperto no estômago, a sarandar de um lado para o outro que nem um maluco, a escorrer suor e às vezes até a respirar e fazer força (não sei para quê) enquanto o palerma do puto pensa "nasço ou não nasço?!"

(Feliz Dia do Pai para ti! E para todos que bem o merecem)

Mocho disse...

Adoro o meu pai e espero ter ainda muitos anos pela frente para lhe telefonar, para o ir visitar, para passarmos férias, para o ver envelhecer. Não quero saber como será quando o ciclo se fechar. Adoro-o (sempre adorei) e mais nada. Obrigada, burrico, por teres homenageado desta forma a grande figura do PAI.

amigona disse...

Pai, é o meu companheiro... pai dos nossos três filhos...
o meu pai, também já não o tenho... só na saudade!

Boa semana!

sonia r. disse...

QUASE AO MESMO TEMPO.

sonia r. disse...

Pelo vistos.

dreams disse...

apesar de tudo isso, de o pai ser "o mau da fita", eu adoro o meu pai e sou o que sou também graças a ele...

para todos os papás, um beijo

para ti, um beijo doce especial...
“·.¸Dreams¸.·”

sonia r. disse...

Aquilo é que é um bom dia.

eco de mim disse...

um pai é spr um pai, mas mais importante do q os laços sanguineos é quem nos ama, ajuda, acarinha no dia a dia...

sem cantigas disse...

n é bem isso! o meu pai era a minha fonte de mimo mas não sabia nada da minha vida! os pais de agora sabem tudo dos filhos, comer, vestir, levar ao cinema, mimos, brincar, etc.

qé isso de queixar ao pai?? cá em casa é mais queixar à mãe: eu! lol

os pais de hoje são cada vez os melhores pais

e tu sabes qual q proporção leite em pó + água para o biberon? e o peso e a altura? os pais de hoje sabem tudo

"associada ás coisas" às

anjoedemonio disse...

Como tens razão em tudo o que dizes!!! O meu partiu faz há 4 meses sem "pedir autorização" e sem "avisar". Tinhamos uma relação fantástica.
Hoje em dia dou comigo a dizer a todos os meus amigos "aproveitem bem enquanto os teem cá! A "tareia" da perca é inexplicável!!! :)