14 novembro, 2006

amizade?!?

Nós temos andado a pensar. Sim porque nós apesar se sermos o que somos também pensamos. Sabemos que quando levamos mais longe os nossos pensamentos, incomodamos alguns/algumas, ainda bem que assim é.
Apesar das nossas limitações intelectuais, que reconhecemos e assumimos, pois temos a plena consciência, de que não somos capazes de escrever aquelas tiradas filosóficas, que deixam confusos e baralhados quem as lê e mesmo quem as escreve.
Não fazemos parte de uma qualquer classe socioprofissional, com peso na sociedade amorfa, onde por razões que ainda não descobrimos, viemos parar.
Se por algum motivo nos passar pela ideia fazer greve ou protestar, ninguém se importa, bem, mas isso agora também não interessa nada.
O que na verdade nos trouxe aqui, foi uma palavra que é suposto designar um sentimento; amizade.
  • Amizade é definido como um sentimento nobre, pelo menos a avaliar pelo que se escreve e diz sobre a dita, diz-se ainda que é um sentimento desinteressado. Diz-se também que haja o que houver, aconteça o que acontecer que fique a amizade.

  • Diz-se que um amigo, não se escolhe pela cor da pele, pela raça, sexo, pelo credo ou ideologia.

  • Diz-se também, que um amigo que é amigo, não tem de pensar como nós, frequentar todos os locais que frequentamos, vestir o mesmo tipo de roupa que nós, que não tem de estar de acordo com tudo o que dizemos, fazemos e pensamos.
  • Também se diz que um amigo, é aquele que não nos diz apenas o que gostamos de ouvir, mas sim aquele que sempre que é preciso, é capaz de nos dizer, o que em determinados momentos, devido aos nossos estados de perturbação ou outros, não somos capaz de ver ou perceber sózinhos. Amigo não serve apenas para nos dar a mão, quando precisamos, ou para nos dizer coisas bonitas.
  • Dizemos nós, na nossa modesta ignorância, que um amigo, não é uma propriedade nossa, mas sim um precioso bem a zelar e a partilhar.
  • Perguntamos nós, na nossa burrice militante. E porque é que não é assim?

O nosso muito obrigado a todos.

19 comentários:

david santos disse...

Esta do burro está muito interessante!
Adorei

dreams disse...

um amigo é fruto de uma escolha...
é uma opção de amor...
é a descoberta da alma irmã...

acho sublime esta frase de saint exupèry:

"quem descobriu um amigo, descobriu um tesouro..."

um beijo doce * de quem te adora
“·.¸Dreams¸.·”

Miguel disse...

Grande introdução!
Relativamente ao conceito versus vivencia do mesmo, creio em primeiro lugar que quando se trata de uma verdadeira amizade, é assim mesmo. Sem mais. E por ser assim, de quando em vez, levanta dúvidas, fere susceptibilidades, desencanta. O tempo faz-nos entender e viver o conceito que resumiste e a verdadeira amizade aguenta-se.

pintoribeiro disse...

Porque não, acho eu...bom dia, abraços,

Josefa Pacheca Pereira disse...

Bom dia ó Burro Inteligente.
(isto não é insulto)

kurika disse...

Amigo é elogiar sem inveja e dar a sua opinião mesmo contrária ao facto sem que fiquemos feridos...
A Amizade, aquela do peito, a verdadeira, é intensa em sentimento...e escassa entre nós!!!

Um beijinho

musalia disse...

amizade, 'a' amizade, eu sei muito bem o que é, não vou defini-la, tu fizeste-o detalhadamente e eu estou de acordo.

mas...a experiência, tem-me ensinado que, cada vez mais frequentemente, quem se diz amigo não o é, de facto. hoje em dia, a 'amizade' (essa de quem se diz e não é) pauta-se pelo oportunismo.

infelizmente...

beijos, chuvinha.

Isabel-F. disse...

Claro que um amigo é isso tudo que dizes... e ... se não for assim ...é porque não era amigo ... é porque não existe amizade...

Bjs

João Moutinho disse...

O Burro sabe sempre o caminho de volta casa.

amadis / pintoribeiro disse...

Lapidar. Boa noite.

Ana Patudos disse...

Não ...espera...
amigo é.... espera novamente... já digo...

Amigo é ser amigo do seu amigo!
UFA, estava a ver que não saía nada ! :))

abraço amigo
Ana Paula

Luna disse...

A amizade é algo que deveria ser cuidada como um tesouro no coração
beijinhos

Martek@x disse...

A amizade é estarmos calados e sentir que aquela conversa foi a melhor do mundo, é preocuparmos, é dar sem esperar receber, é uma forma de amor, um amigo sabe escolher por dentro e não por fora.
Amizade – algo forte que sente-se confiança e preocupação e também os pequenos ou grandes segredos
Mas é fácil de dizer a cor da pele… etc.… não tem influencia (para mim não mas para alguns tem muita) mas o que é certo é que isto acontece e eu farto-me dessas pessoas… (eu disse que vinha no meu blog…).

Beijinhos,



Marta Santos

amigona disse...

Um AMIGO? É, é assim!!! E um amigo é também o gostar de ti! Beijo...

a_cabra disse...

Se fosses meu amigo, tiravas o raio das letras daqui de baixo irraaaaa ca seca ;))

chuvamiuda disse...

..................
Exma. Sra. Dona a_cabra

vá mandar lá no seu pasto

ora essa
..................

alfazema disse...

Amigo Chuvinha!

Um amigo é fruto de uma escolha, diz a Dreams. E eu concordo. Sabes, António, o meu coração escolheu o amigo e agora tens de me aguentar. Amigo para sempre.
Beijinhos. Muitos. Doces e ternos.Com uma lagrimita rolando para o teu mar...

Rosmaninho disse...

António

E não é assim porque... não é assim...nunca será assim!

Hoje estou triste, desiludi-me, que tonta!

"Perdi" quem eu julgava que fosse um bem a partilhar...

~*Um beijo*~

DIGNIDADE disse...

Olá!
Oportuno este "post", como todos os outros aliás.
Definiste bem a amizade, mas os conceitos não são interiorizados pela grande maioria das pessoas, que infelizmente funciona em "manada", pelo que escolhem os relacionamentos de ocasião, a que chamam amizades, por mera conveniência ou por facilitismo. Dá trabalho ser Amigo! Desgasta, implica esforço e dedicação, implica disponibilidade total e global, mas a felicidade da comunhão que ela proporciona, só poucos a alcançam, porque só poucos se entregam de corpo e alma. A Amizade é, para mim a relação mais intimista, a que antecede e precede qualquer outra e veja-se como até as mais básicas formas de relacionamento (laborais, de vizinhança, amorosas...)sucumbem ao primeiro embate...quase ninguém quer "perder tempo" a "conhecer" o outro, quase ninguém quer ouvir o que outrém tem para dizer, quase ninguém se quer "comprometer"...
Restam-nos as pessoas especiais, aquelas que vão surgindo, com lamentável infrequência, mas que perduram e nos tornam melhores pessoas.
Estou certa que alguém como tu, com essa riqueza interior, não é pobre de Amigos. Basta um, verdadeiro e leal...
Um bj!